30 de ago de 2011

Treinamento Escalada - Artigo Revista Bicycling

Click na imagem acima para ampliar!!!

28 de ago de 2011

Treino 190 - Speed - "Serrinha" entre Vinhedo e Itatiba









Hoje o pedal ia ser leve - todos com agenda apertada e outros compromissos depois do pedal. Iríamos pedalar uns 40 km Ida e Volta entre Louveira e Vinhedo - mas, os planos mudaram ao longo do percurso.

Saímos de Louveira e chegamos a Vinhedo , pegando inclusive trecho urbano na cidade perto da ciclovia. Então encontramos um grupo de pedal e aproveitamos para conhecer e obter algumas dicas de pedal na região. Nos indicaram pedal entre Vinhedo e Itatiba pela "Serrinha", aliás queria saber quem chamou este trecho de serrinha. É trajeto de 15 km, sendo metade de subidas duras e o restante de descidas de alta velocidade - com asfalto muito bom, exceto pelo buraco que furou pneu da merida do Alberto. Este trecho foi desgastante e em uma das subidas cheguei a empurrar, simplesmente pelo fato de não conseguir clipar após uma parada para retomada de fôlego - algo que não fazia já a algum tempo. É nestes momentos de sofrimento do treino que o corpo evolui e assim torna possível buscar metas mais arrojadas. Lembrei do treino da marinha...rsrs.

De toda forma chegamos a Itatiba e de lá retornamos a Louveira em um trecho de subidas leves e descidas - observei então que apesar de todo o sofrimento ainda estava inteiro para girar os 20 km que faltavam para retornar até o carro. Ao todo foram 53 km de pedal , menos que os 90 km que fiz nos últimos 2 treinos longos de speed mas, o sofrimento da tal "Serrinha" promoveu desgaste maior. Agora devemos repetir a dose outras vezes com maior planejamento e tentar melhorar o tempo para evitar o sol do meio dia na volta.

27 de ago de 2011

Treino 189 - MTB Fim do Mundo










Foram 40 km de treino com reencontro com alguns amigos que não via há algum tempo. Estávamos lá: Eu , André, Glaicon, Derlei, Caito, Nelsinho e Sérgio. Valeu a diversão. As fotos falam por si mesmas.



25 de ago de 2011

Treino 188 - Treino Speed - meio da semana




Estou retornando com os treinos do meio da semana. Hoje foram 27 km em 1 h, sendo que no trecho sem trânsito na marginal do rio jundiai conseguimos obter média de 30 km/h sendo que na ida - a favor do vento chegamos a 36 km/h de média. Estamos melhorando o ritmo e o objetivo destes treinos, tão limitados pela falta de tempo, tornou-se melhorar a cadência e consequentemente a velocidade média. O circuito da marginal do rio jundiai entre campo limpo e jundiai é quase plano com leve descida na ida e leve subida na volta. Um bom treino.

21 de ago de 2011

Treino 187 - MTB Trilha da Bica



A mata estava precisando de chuva e com a chuva forte de ontem tudo estava mais verde e o pó finalmente assentou. A trilha estava ideal para o pedal, apesar do frio e do vento.
Fizemos um pedal rápido pela trilha da bica - 30 km em 1h50 min. Média razoável para um dia de frio quando o corpo demora para aquecer.
Testei a cannondale depois dos ajustes, a bike finalmente ficou ótima e a suspensão rst deuce air cumpriu a fama que tem...excelente - absorvendo muito as vibrações e permitindo descidas mais rápidas mesmo em terrenos irregulares. Hoje sem muitas fotos..domingo muito feio...bom para dormir.

20 de ago de 2011

Enfim a Cannondale rodando de novo!!!


A cannondale é conhecida como uma marca inovadora sempre diferenciando-se do mercado e incorporando novas tecnologias e especificações em busca de desempenho. Isto tem um efeito colateral que se traduz em peças fora do padrão normal de mercado. Por exemplo, as caixas de direção e mesas são de 1.5" e não 1 1/8" comum de mercado. Isto garante maior resistência e rigidez mas, também gera maior dificuldade de se encontrar peças de reposição.

Ao comprar a bike - quadro 19" tive que substituir a mesa para que a bike ficasse adequada . A loja "Anderson Bicicletas" não possui mesa menor e tive que encontrar solução em outro lugar. Depois de pesquisar muitas lojas que vendiam cannondale, fiquei espantado em descobrir que nenhuma possuia mesa menor de 1.5". Acabei comprando mesa na internet e depois de 60 dias consegui ter a bike ajustada novamente.

Falha da Cannondale que não possui representantes de bom nível no Brasil capazes de dar um bom atendimento ao cliente. Bem diferente da Specialized que tem foco no cliente e ampla rede de atendimento. Mas, apesar de tudo a cannondale é uma excelente bike que conquista desde a primeira pedalada.

14 de ago de 2011

Caloi Strada - De volta às Especificações Originais

Com a montagem da Allez voltei com as peças originais na strada, exceto mesa , canote , selim e pneus - pois fiz um ajuste postural de tal forma a melhorar a posição na pedalada. Amanhã vou testá-la.

13 de ago de 2011

Treino 186 - MTB - Subindo a Serra dos Cristais






Hoje treinamos subidas no fim de tarde. Foram 32 km de pedal, descontando-se 12 km de asfalto restou 20 km de trilha sendo, uns 10 km de subida. Falando assim parece pouco mas, as subidas são bastante ingrimes e com obstáculos e as descidas bastante técnicas. Um bom treino de fim de tarde, fora a paisagem.

10 de ago de 2011

Treino 185 - MTB no meio da semana




Quarta-feira é um dia excelente para retomar as andanças de bike. Já deu para recuperar o desgaste do pedal do fim de semana e ainda falta algum tempo para chegar o próximo fim de semana..assim é a forma de não deixar cair o ritmo.

O grande desafio de pedalar durante a semana é o fator tempo, já que teremos que trabalhar normalmente além de enfrentar o trânsito sem noção de São Paulo, 70 km da minha casa.

Assim, o segredo é sair bem cedo e pedalar...faça frio ou faça chuva..E nesta manhã tivemos as duas coisas.

Foram 36 km - sendo um terço disto em trilha e o restante em asfalto. Isso em 2h 10 min. Média não muito boa mas, treino valeu e cumpriu o objetivo.

7 de ago de 2011

Treino 184 - Speed De Campo Limpo a Itatiba




Treino: 88 km - média 21 km/h - Percurso Misto - Tempo - Sol (parecia primavera)

Campo Limpo - Marginal Rio Jundiai - Av Francisco Ozanan - Estrada Velha de Campinas até Louveira - De Louveira à Itatiba - Rod. D Pedro I até Jarinu - Rod Edgard Máximo Zambotto até Campo Limpo.

Ponto Alto do Treino foi o Glaycon com minha caloi strada, clipado fazendo o primeiro treino speed de verdade. O resultado foi um tombo, dor na perna e esforço para adaptação na nova posição. Mas, como o cara pedala muito acompanhou bem os 88 km apesar das dificuldades normais de quem inicia na strada.


6 de ago de 2011

Treino 183 - Speed - Testando a Allez




Repeti o trajeto que faço sempre que tenho pouco tempo para o pedal. Ao todo foram 36 km de pedal em um trajeto com subidas, descidas e trechos planos - excelente para testar a bike. O tempo também ajudou com temperatura mais altas, um sábado com cara de primavera bem diferente dos dias frios durante a semana. Fizemos uma boa média - em torno de 24 km/h.

Percepções: A bike absorve a vibração muito mais que a strada. Talvez seja pelo garfo mais robusto e base da caixa de direção de 1.5", Nos trechos planos também consegui acelerar mais rapidamente e chegar a uma velocidade final um pouco maior, Nas subidas ficou mais fácil pedalar em pé - também decorrente da maior rigidez da bike. Com a troca da mesa (mais curta) e selim mais confortável o ajuste ficou perfeito...estou ficando bom neste negócio de bike fit , pelo menos para mim mesmo.

Amanhã faremos um treino longo até Itabiba.

Enfim a bike montada - após últimos ajustes


Enfim, a bike montada e ajustada. Hoje a tarde irei testá-la. A especificação ficou assim:

Quadro - Specialized Allez Comp
Garfo - Specialized Carbon over 1.5"
Canote - Specialized Cabono com Alumínio
Sellim - Selle Italia XO
Guidão - Specialized Comp Alumínio
Mesa - Giant Connect 40 mm
Fita de Guidão - Fizik
Grupo - Shimano 105 - 5600 - 10 V
Freios Miche Performance
Cabos - Shimano
Pedivela - Sram Compact 50/34
Cassete - Sram PG 1070 - 11-28
Corrente - Sram HG70
Pedal - Look Keo
Rodas - Shimano RS10
Pneus - Vittoria Zaffiro Pro 700 x 23C
Câmaras Kenda
Protetor de Corrente - End Zone
Suportes de Caramanhola - Bontrager

Pesando a bike no final - 9,10 kg com pedal e suportes

Montando a Bike




Montar uma bike quase sempre não é a maneira mais econômica - vale mais a pena comprar a bike pronta. No entanto, há algumas vantagens em algumas situações específicas quando você já possui grande parte das peças, quando você quer customizar as peças e as especificações da bike ou quando deseja substituir o quadro de uma bike existente , cujas peças ainda estejam em boas condições.

No meu caso, com o tempo fui dando upgrades na minha Caloi Strada, tanto que o valor investido na bike jamais seria recuperado, a não ser se eu montasse uma nova bike com quadro compatível com as peças adquiridas. Optei pela Specialized Allez pela rede de assistência que a marca tem no Brasil, pelo design da bike que apesar de ser em alumínio tem a geometria muito próxima da tarmac modelo top de linha da marca.

Um desafio de montar a bike é ter alguma paciência para encontrar pequenas partes que faltam (sempre falta alguma coisa) e resolver eventuais incompatibilidades (sempre alguma coisa não dá certo. E claro, fundamental você conhecer um bom mecânico.

Nas fotos vê-se às bikes no cavalete, a bike com mesa e selim errados ainda sem fita de guidão, Sérgio - o mecânico da gebram bikers (de Campo Limpo Paulista-SP) e a fachada da loja, simples mas, com a alma do ciclismo.