23 de abr de 2010

Anésio Argenton - O Maior Ciclista Brasileiro (Você Conhece?)




Fotos em 2 momentos:
À Esquerda - Foto no auge de sua carreira - com uma bicicleta Caloi
à Direito - Foto atual dando entrevista à Revista Época ao lado de sua inseparável Caloi
Um legado de Paixão e Dedicação ao Ciclismo

Nascido em 14 de março de 1931 na cidade de Boa Esperança do Sul-SP, Trata-se de um dos maiores ícones da modalidade no país. Ao lado de grandes nomes do ciclismo brasileiro, como Mauro Ribeiro, vencedor de 1 Etapa do Tour de France em 1991, maior Prova Ciclística por etapas do mundo, e de Murilo Antônio Fischer, 5º colocado no campeonato mundial Elite de 2005 em Madrid, Anésio Argenton é, sem dúvida, uma lenda viva do ciclismo brasileiro.

Trata-se, nada menos, do que do melhor resultado do Brasil na história das Olimpíadas em provas de pista (velocidade), 5º colocado nas Olimpíadas de 1960 em Roma e o único medalhista de ouro de Jogos Panamericanos na história do país, 1959 em Chicago, dentre diversos outros títulos sulamericanos, brasileiros e de Jogos Abertos - maior competição poliesportiva da américa latina.

Considerado um dos 100 maiores atletas do século passado pela revista Época, edição especial das olimpíadas de Atlanta em 1996, Anésio Argenton é aposentado da antiga Estrada de Ferro Araraquara e vive em Araraquara com sua esposa Antônia e suas filhas Márcia e Marisa. Desde menino, reside em Araraquara e ainda bem jovem, começou a praticar o ciclismo pelas estradas de terra da cidade, onde começou a se despontar em competições pelo interior do Estado e, logo em seguida, dado o seu enorme talento para o pedal, partiu para o mundo, levando o nome de Araraquara, inicialmente o nome da Associação Ferroviária de Esportes e posteriormente da empresa Caloi S/A, maior fabricante de bicicletas do país e patrocinadora de uma das melhores equipes brasileiras até os dias de hoje, para o mundo.

OS TÍTULOS

Jogos Abertos: (Venceu praticamente todos os que competiu, prova de KM contra o relógio):

- Rio Claro em 1949;
- Jundiaí em 1950;
- Ribeirão Preto em 1952;
- Sorocaba em 1954;
- Piracicaba em 1955.

Campeonatos Brasileiros (Velocidade):

- Florianópolis em 1952;
- São Paulo em 1954/ 55/58.

Campeonatos Sulamericanos: (Km e Velocidade):

- Uruguai em 1952 – Medalha de Prata
- São Paulo em 1954 e 56 – Medalha de Ouro
- *Venezuela em 1959 – Venceu a prova de KM contra o relógio, mas não levou o troféu.

Jogos Panamericanos (Km Contra o Relógio):- México em 1955 – 4º colocado;
- Chicago em 1959 – Medalha de Ouro (único brasileiro medalhista de ouro em Jogos Panamericanos no ciclismo)São Paulo em 1963
– Medalha de Bronze (com uma enorme furunculose na virilha).

Olimpíadas (Velocidade e Km contra o relógio)

- Melbourne em 1956 – 7°colocado (velocidade) e 9° (KM);- Roma em 1960 - 5º colocado (velocidade) e 6° (KM);